"Contra a Juventus, Pinto da Costa fez-nos sentir que ser do FC Porto é mesmo especial"

"Contra a Juventus, Pinto da Costa fez-nos sentir que ser do FC Porto é mesmo especial"

Luís Gonçalves, administrador da SAD do FC Porto, felicitou Pinto da Costa pelos 40 anos à frente do clube azul e branco.

Luís Gonçalves, administrador da SAD

Como conheceu Pinto da Costa? "Conheci o Jorge Nuno antes de ele ser presidente do FC Porto, numa célebre intervenção que teve numa AG do clube, para o regresso de José Maria Pedroto. Foi um momento marcante, porque foi aí que percebi que estávamos na presença de alguém que era muito diferenciado de todos os outros. Ele conseguiu colocar aquela AG em polvorosa e conseguiu o que era mais importante, que, para mim, foi o momento mais marcante do início do FC Porto a ganhar."

Qualidades de Pinto da Costa: "A principal característica é o instinto pessoal que tem, a capacidade de antecipar qualquer decisão que vai tomar. Ele percebe antes o que nós só percebemos passado uns dias. Ele tem essa grande capacidade. Ele é brilhante a pensar e, depois, nas suas respostas, deixa-nos sempre com água na boca."

Conquistas: "O título europeu em Viena foi fantástico. Foi uma coisa que... Para quem, como nós - e eu que sou mais antigo - me habituei na juventude a festejar pequenas vitórias de torneios internacionais, ganhar aquela competição, depois de ganhar os títulos internacionais, foi o momento mais marcante. O FC Porto passou a ser um Mundo. As histórias são muitas. Mas há momentos marcantes e um deles foi o que se passou no final do jogo com a Juventus, quando passamos aos quartos de final da Liga dos Campeões [2020/21]. Senti um presidente sempre apaixonado, com os olhos em lágrimas, a fazer-nos sentir que ser do FC Porto é mesmo qualquer coisa de especial. O abraço que ele deu a cada um de nós e em especial ao Sérgio Conceição, ao Pepe, ao Vítor Baía, a mim e a todos os jogadores foi algo que me marcou profundamente."