Conceição, o futuro e a morte do adepto nos festejos: "Não se falou do mérito do FC Porto..."

Conceição, o futuro e a morte do adepto nos festejos: "Não se falou do mérito do FC Porto..."

Declarações de Sérgio Conceição, treinador do campeão FC Porto, em conferência de Imprensa de antevisão à receção ao Estoril, a contar para a 34.ª e última jornada do campeonato e agendada para as 18h00 de sábado.

Ambiente na preparação: "Preparar um jogo dentro de um ambiente que eu noto, e não falo em termos emocionais, estado de espírito, obviamente que se sente essa felicidade. Mas eu sempre vi sempre o grupo alegre, com muita vontade dele querer mostrar que quer jogar, com muita dedicação, nesse sentido foi exatamente o mesmo espírito. É normal aqui ou acolá haver um estado mais alegre, antes ou depois do treino. Não durante, não admito. Relax durante o treino não existe, a minha azia é igual. A preparação do jogo foi muito séria e teve o mesmo espírito durante o treino. Antes e depois merecem estar felizes."

Futuro: "O meu futuro é o jogo de amanhã, a final da Taça de Portugal, olhar pelo futuro dos meus jogadores. Tudo o que seja mercado fica fora do Olival, perto do cão."

Morte de adepto nos festejos: "Foi um episódio triste, no futebol ou na sociedade em si. Ninguém gosta. Foi o combustível para muita da Imprensa. Permitam-me mandar a bicada. Falou-se muito de cenas desagradáveis e não se falou no mérito dos jogadores e equipa do FC Porto na conquista de mais um campeonato. São cenas a condenar, mas não é futebol, não queria ir muito por aí."