Exclusivo Como Díaz embalou para o clássico: conheça o programa elaborado pelo FC Porto

Como Díaz embalou para o clássico: conheça o programa elaborado pelo FC Porto
Carlos Gouveia

Tópicos

O extremo, tal como Uribe e Corona, foi avaliado pela equipa técnica e pelo departamento de saúde e só depois se decidiu a utilização. Clube monitorizou as viagens e até enviou o plano alimentar

Foram 90 minutos e um golo pela seleção, meio dia dentro de aviões e mais algumas horas a descansar até ser titular e oferecer, num lance de assinatura, um ponto ao FC Porto no clássico de Alvalade.

Luis Díaz arrancou a época em grande e nem os muitos quilómetros - e minutos - que acumulou o impediram de voltar a ser decisivo: dois golos em dois dias, com um intervalo de 44h30. Não é para todos. O JOGO conta-lhe como é que o extremo, mas também Corona e Uribe, foram "embalados" - porque o sono foi decisivo - para o clássico.