"Com Sérgio Conceição não há brincadeira..."

"Com Sérgio Conceição não há brincadeira..."
Carlos Gouveia/André Morais

Tópicos

Otávio aponta o carácter do treinador como decisivo para um título que "sentiu desde o primeiro dia".

Otávio era o jogador do FC Porto que, à partida, melhor conhecia o treinador. Sérgio Oliveira também já havia trabalhado com Conceição, mas apenas durante cinco meses. Um ano antes, no V. Guimarães, Otávio viu o treinador portista chegar em outubro e agradeceu a mudança, pois tornou-se indiscutível e a sua carreira teve, enfim, o impulso que precisava. No final de 2015/16, foi muito pela influência do treinador que regressou ao Dragão. Mal sabia que em 2017/18 se voltariam a encontrar. "Já tinha aprendido em Guimarães e este ano aprendi mais ainda. O que reparei em Sérgio Conceição é que é o mesmo que conheci em Guimarães. É a mesma pessoa, tem a mesma atitude e está de parabéns por isso. Aliás, acredito que ele ganha porque mantém a mesma atitude e a mesma forma de trabalhar", elogiou, em entrevista a O JOGO.

O conhecimento mútuo anterior não beneficiou Otávio em nada. O brasileiro confirma que Conceição não tem preferidos e trata todos por igual. Aliás, a reduzida utilização durante boa parte da época acaba por provar que o que todos dizem é verdade. No grupo, o impacto de Sérgio foi muito positivo. "Eu senti desde o primeiro dia que íamos ser campeões", garante até. "Senti desde o primeiro dia pelo que ouvi e porque desde Guimarães que sabia que é um grande treinador e que conseguiria tirar o melhor de cada um dos jogadores nos treinos e nos jogos", passou a explicar. Ricardo, Marcano, Alex Telles, Herrera, Brahimi, Marega ou Aboubakar, por exemplo, acabam por confirmar isso: nunca tinham feito épocas tão boas.

O rigor é, provavelmente, o maior trunfo do treinador. "Com ele não há brincadeira. Nem no último jogo, em que já éramos campeões! Até nesse último jogo [em Guimarães] não deixou escapar os três pontos [vitória do FC Porto por 1-0]. É o que mais admiro nele, é o mais importante", voltou a gabar.