Com esta Taça, FC Porto chegou ao 78.º troféu da sua história

Com esta Taça, FC Porto chegou ao 78.º troféu da sua história
Redação com Lusa

Tópicos

Recorde o historial dos azuis e brancos

O FC Porto conquistou o 78.º troféu da sua história, ao bater por 2-1 o Benfica, que se manteve com 83, na final da 80.ª edição da Taça da Portugal, disputada à porta fechada em Coimbra.

Os dragões acabaram também a época como a equipa que mais títulos alcançou, pois juntou a prova rainha ao campeonato, que ganhou pela 29.ª vez, ao terminar a competição com mais cinco pontos do que os encarnados.

Com o triunfo selado com um bis do improvável Mbemba, a formação azul e branca conseguiu também igualar o Sporting no segundo lugar do ranking de vitórias na Taça de Portugal, com 17, a nove do recordista Benfica.

As outras duas competições nacionais da época foram arrebatadas pelo Benfica, que na abertura goleou o Sporting por 5-0 na Supertaça, para, em janeiro, o Braga superar o FC Porto na final da Taça da Liga, por 1-0.

Numa contagem cega dos títulos, que coloca no mesmo patamar uma Taça dos Campeões e uma Supertaça ou um campeonato e uma Taça da Liga, os encarnados totalizam 83, não contabilizando a Taça Latina, e os azuis e brancos somam agora 78, enquanto o Sporting, terceiro, conta 50.

O Benfica soma mais cinco troféus do que o FC Porto graças ao domínio exercido nos últimos anos, uma vez que, quando, em 10 de agosto de 2013, venceram a Supertaça, os dragões lideravam o histórico por 74-68.

Depois desse triunfo, os encarnados responderam com um fantástico parcial de 13 títulos contra nenhum dos dragões: quatro campeonatos, o tetra, três edições da Taça da Liga, duas da Taça de Portugal e quatro da Supertaça.

Em 2013/14, Benfica venceu campeonato, Taça de Portugal e Taça da Liga, e, em 2014/15, voltou a ganhar a I Liga e a Taça da Liga e arrebatou ainda a Supertaça. Jorge Jesus, que volta em 2020/21, chegou aos 10 canecos e empatou o histórico.

A saga continuou com Rui Vitória, que, em 2015/16, ganhou mais um campeonato, a Taça da Liga e a Supertaça, em 2016/17, nova edição da I Liga, a Taça de Portugal e a Supertaça, para, em 2017/18, arrebatar nova Supertaça.

Depois de longa 'seca', de ver o Benfica festejar 13 vezes sem resposta, para colocar o score em 81-74, o FC Porto voltou aos títulos com a vitória na I Liga 2017/18, negando, já sob o comando de Sérgio Conceição, o penta às águias.

Na época passada, os dragões começaram a época com a vitória na supertaça, mas os encarnados ripostaram na I Liga, conseguindo a 'reconquista'. Desta vez, foi ao contrário e o FC Porto ainda ganhou a Taça de Portugal.