"Champions? Há quatro troféus para vencer"

"Champions? Há quatro troféus para vencer"

Central dos dragões não esconde a desilusão pela saída da Liga dos Campeões após a fase de grupos, mas garante que as restantes competições são para ganhar

Eliaquim Mangala, defesa central do FC Porto, reconhece que a saída precária da Liga dos Campeões não estava nas contas dos dragões, mas mostra-se confiante para a segunda metade da época. O central francês destaca que, nos azuis e brancos, a exigência é "sempre máxima" e sublinha que o clube continua a ser uma das maiores referências na Europa.

"Vou na terceira época no FC Porto. A primeira foi de adaptação, a segunda de revelação e, a terceira, de confirmação. É cada vez mais difícil porque a exigência é maior. As pessoas esperam sempre mais, especialmente quando jogas num clube como o FC Porto. Sinto-me muito bem lá", afirmou, numa entrevista à "EuroSport"..

"Estamos desapontados por estarmos fora da Liga dos Campeões. Cometemos muitos erros individuais. Tínhamos qualidades para passar. Sempre que me lembro que o Zenit se qualificou com seis pontos... Mas não nos podemos massacrar. Cometemos vários erros, ofensivos e defensivos. O jogo com o Atlético de Madrid (2-0) traduz o que se passou muito bem", acrescentou.

Ainda assim, o central garante que a equipa está motivada e que as competições onde está inserida, incluindo a Liga Europa, são para ganhar.

"Temos quatro competições para ganhar: Campeonato, Taça de Portugal, Taça da Liga e Liga Europa. É um prazer estar num clube ambicioso", rematou.

Mangala reconheceu ainda que o campeonato português não está ao nível dos melhores da Europa, mas rejeitou falar numa possível saída do FC Porto. "Sou visto como um jogador do FC Porto, um dos clubes mais consistentes e bem sucedidos da Europa. É uma estrutura forte, com resultados de fazer inveja a muitos clubes, incluindo franceses. É verdade que o campeonato português não tem a mesma visibilidade do Espanhol, do Inglês e do Francês até, mas o FC Porto continua a ser uma referencia na Europa", disse. "Rumores? Estou de férias e focado no FC Porto. Do futuro, falamos depois", concluiu.