Subida de Francisco Conceição à equipa principal do FC Porto contou com fator decisivo

Subida de Francisco Conceição à equipa principal do FC Porto contou com fator decisivo
André Morais

Tópicos

Evolução defensiva do jovem extremo foi decisiva na "promoção" à principal equipa azul e branca.

A missão que Sérgio Conceição tem confiado ao filho Francisco na equipa principal do FC Porto é a de desequilibrar, ganhar superioridade numérica e lançar o pânico no adversário.

Mas o treinador nunca o utilizaria se não percebesse a evolução do filho do ponto de vista tático e defensivo.

Foi por isso que não hesitou em lançá-lo, ainda que nos descontos, quando tinha vantagem sobre a Juventus, por exemplo.

Na Madeira, o jogador teve quatro ações defensivas relevantes: uma recuperação de bola, duas interceções e um carrinho. Corona teve cinco do género em mais do triplo do tempo. Luis Díaz teve nove.