Central do FC Porto perto do Parma de Bruno Alves: fique a par do processo

Central do FC Porto perto do Parma de Bruno Alves: fique a par do processo
Bruno Filipe Monteiro

Tópicos

Italianos estão interessados no central e estudam a melhor forma de o fechar. Dragões pretendem vender por cerca de cinco milhões.

Sem espaço no plantel idealizado por Sérgio Conceição, mesmo que o treinador queira contar com mais um central, Osório está bem encaminhado para se tornar reforço do Parma nesta janela de transferências.

Depois de O JOGO ter adiantado que as melhores oportunidades para o central prosseguir a carreira se encontravam em Itália, a Imprensa transalpina deu conta da vontade da equipa de Bruno Alves nos seus serviços. A informação foi confirmada ao nosso jornal por uma fonte conhecedora do processo, com a ressalva de que ainda carecia de uma proposta oficial. Os responsáveis do clube italiano encontram-se a explorar a melhor possibilidade de negócio, cientes de que o FC Porto pretende uma venda a título definitivo por uma verba a rondar os cinco milhões de euros, mas não querem arrastar as negociações por muito tempo. O objetivo é que o venezuelano, que viu gorada a possibilidade de ficar no Zenit, viaje para o Ennio Tardini até ao final desta semana.

Osório foi chamado à pré-temporada do FC Porto no último instante, mas nem as boas indicações deixadas nos testes realizados durante este período lhe alteraram o destino.

O central era um dos jogadores emprestados que os azuis e brancos sempre quiseram rentabilizar neste defeso, a fim de juntar ao pacote de mais-valias que necessitam de fazer com a venda de jogadores nesta janela, e prepara-se agora para se desligar de um clube onde apenas jogou meia época. Apesar disso, o venezuelano figurou sempre na lista dos selecionadores da "Vinotinto", como José Peseiro. De resto, o treinador português divulgou a lista de 40 pré-convocados para o arranque da fase de qualificação para o Campeonato do Mundo de 2022, frente à Colômbia (9 de outubro) e o Paraguai (dia 14), e o (ainda) portista encontra-se entre os escolhidos.