Casillas: a razão que o fez escolher o FC Porto e um "erro" na saída do Real

Casillas: a razão que o fez escolher o FC Porto e um "erro" na saída do Real
Francisco Sebe

Tópicos

Guarda-redes espanhol abriu o livro sobre a saída do colosso "merengue".

Iker Casillas fez uma "viagem no tempo" na noite de sábado, nas redes sociais, e falou sobre a decisão que tomou em 2015, quando deixou o Real Madrid, único clube que até então tinha representado, para rumar a uma nova experiência no FC Porto.

"Poucas vezes falei sobre a minha saída do Real Madrid. Dei uma conferência de imprensa sozinho, um erro, e saí", começou por referir, mostrando arrependimento pela forma como se despediu do clube espanhol. "Cinco anos passaram desde então. Cinco anos desde que cruzei a fronteira e fui para o nosso país vizinho: Portugal. Precisava de voltar a sentir-me outro. Ter um novo ambiente, deixar de estar tão exposto à crítica e querer melhorar. É assim, amigos, todos os jogadores (sejam eles bons ou mais) querem melhorar" prosseguiu o agora candidato à presidência da Real Federação Espanhola de Futebol, que explicou, logo depois, o que encontrou no FC Porto:

"Tinha de melhorar o aspeto físico e mental. E este último era importante. No FC Porto voltei a senti-lo. Não deixem que vos digam outra coisa", rematou Casillas, numa publicação que acompanhou a partilha de uma fotografia do último jogo que fez com a camisola do Real, frente ao Getafe: "Já sabia que era o meu último jogo. 'The Last Match'", refere o guardião, numa alusão à recente série documental sobre Michael Jordan e os anos de ouro dos Chicago Bulls, intitulada "The Last Dance".