FC Porto recebe chave da cidade: "Há momentos que não precisam de palavras"

FC Porto recebe chave da cidade: "Há momentos que não precisam de palavras"

Pinto da Costa recebeu a chave da cidade do Porto das mãos de Rui Moreira

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, recebeu este sábado a chave da cidade do Porto, das mãos de Rui Moreira, na cerimónia de homenagem aos campeões nacionais, na qual o edil deu o protagonismo aos vencedores.

"Há momentos em que não é preciso muitas palavras, chegou o momento de a nossa equipa ir lá acima [à varanda dos Paços do Concelho], tranquilamente, celebrar com os nossos adeptos. Parabéns a todos, Pepe, Sérgio [Conceição]", afirmou Rui Moreira.

Antes, o autarca portuense homenageou o líder dos dragões, Pinto da Costa, que completou em 17 de abril 40 anos na presidência do clube, que assegurou na semana passada a conquista do 30.º título de campeão nacional.

A equipa azul e branca venceu este sábado o Estoril, por 2-0, no Estádio do Dragão, em jogo da 34.ª e última jornada da Liga Bwin, que serviu de consagração para os comandados de Sérgio Conceição.

Depois do encontro, o FC Porto recebeu a taça de campeão, enquanto Sérgio Conceição foi agraciado com uma miniatura do troféu, pela conquista do terceiro título nacional como treinador.

Seguiu-se uma romagem à Avenida dos Aliados, no Porto, onde milhares de adeptos azuis e brancos esperavam jogadores, equipa técnica, dirigentes e staff dos campeões.

"É uma alegria enorme ver a felicidade destas pessoas. Há muita gente com vidas difíceis, com muitos problemas, e hoje estão felizes. Fico muito satisfeito por poder ajudar a que tenham esta noite de felicidade", afirmou Pinto da Costa, em declarações à SIC, na varanda do Município.

O dirigente azul e branco agradeceu a presença dos milhares de adeptos nas comemorações, assinalando a reabertura da Câmara Municipal do Porto ao clube.

"Foi um período em que passámos muitas vitórias, também internacionais, e tínhamos esta casa maravilhosa fechada. Hoje está aberta, está a avenida aberta à cidade e o FC Porto e a cidade confundem-se de tal maneira que é impossível e inacreditável que a Câmara esteve fechada ao FC Porto", vincou Pinto da Costa.