André Almeida sem proposta de renovação e com o FC Porto em cima da jogada

André Almeida sem proposta de renovação e com o FC Porto em cima da jogada
André Morais

Tópicos

André Almeida conhece intenção do Vitória, mas nunca discutiu o assunto. FC Porto continua na jogada.

O interesse do FC Porto em André Almeida vai manter-se, pelo menos, enquanto o médio do V. Guimarães for um alvo acessível do ponto de vista financeiro.

A bola estará sempre do lado dos vimaranenses, mas a um ano de terminar contrato, esta é uma oportunidade que os dragões querem explorar até ao limite. O acordo de troca por troca com Tomás Esteves foi acertado, mas a recusa do lateral mudou o paradigma do negócio. No domingo escreveu-se que a SAD liderada por Pinto Lisboa está convicta de que o acordo para a renovação de André será simples e rápido, mas a verdade é que o jogador não tem qualquer proposta concreta em mãos dos vitorianos. Desde janeiro que esse é um assunto que paira no universo do clube minhoto, mas nada passou ao papel. Aliás, o médio não sabe, sequer, que tipo de planos tem o Vitória para ele.

De janeiro até agora, o que André Almeida e os representantes sabem é apenas da vontade do Vitória em renovar. Mas não foi apresentada qualquer proposta formal ao médio. Daí que nenhuma das investidas exploratórias tenha resultado e o acordo se afigure difícil. No espaço do último ano, chegaram algumas propostas ao jogador e até o Sporting quis saber da sua situação. Antes tinha sido o Benfica a fazer proposta concreta. Agora é o FC Porto que está em cima dele.

Pepa, entretanto, só admite perder André Almeida se receber alguém de valor que considere semelhante e essa é uma discussão que pode durar, até porque o plantel dos dragões está a ser formado e é preciso entender quem fica e quem é dispensável. Tomás seria o caso, porque, apesar do valor que lhe reconhecem, o FC Porto tem várias opções para o lugar, uma delas (Manafá) a jogar com muita regularidade e em franca evolução. Os dragões têm dossiês mais urgentes para resolver, mas, de qualquer forma, o de André não vai cair da lista da SAD, até porque o jogador, da mesma geração de Vitinha e Fábio Vieira, por exemplo, é acompanhado desde os tempos da formação. Agora junta-se a oportunidade de negócio.