Taremi decisivo para o Irão alcançar o Mundial: "Cheguei às seis horas e fui dormir"

Taremi

 foto AFP

Avançado do FC Porto levou quatro dias a chegar ao Irão, mas foi a tempo de ser herói

Mehdi Taremi terá vivido uma das semanas mais surreais da carreira. O impacto das condições climatéricas nas ligações aéreas deixaram-no retido desde segunda-feira na Turquia, de onde saiu poucas horas antes do apito inicial do jogo com o Iraque. Foi titular e apontou o golo que valeu o apuramento do Irão para o Mundial

Problemas na viagem: "Cheguei ao Irão às seis horas da manhã, fui dormir e, quando acordei, segui para o estádio. Mas isso são assuntos extra futebol, o importante agora é a felicidade das pessoas."

Vai participar no próximo jogo? "Porque não? Sou um filho da seleção do Irão e fico sempre orgulhoso por fazer as pessoas felizes como fiz hoje. Faço o meu melhor por elas e pela bandeira, não poderia ter feito mais."

Perspetivas para o Mundial: "Passar a fase de grupos? Depende do devido planeamento que tem de ser feito. A seleção tem muito potencial. Também tenho de conversar com a federação sobre alguns assuntos, mas o mais importante agora é fazer as pessoas felizes. Convido a imprensa a cultivar uma energia positiva na sociedade."