Sérgio Oliveira não se apresentou no Olival e há duelo turco pelo médio

Sérgio Oliveira, à esquerda, conquistou a Conference League pela Roma em 2021/22

 foto AFP

Depois da Bélgica (Mechelen), França (Nantes), Grécia (PAOK) e Itália (Roma), Sérgio Oliveira prepara-se para a quinta aventura no estrangeiro, provavelmente na Turquia.

Sérgio Oliveira e Diogo Leite têm contrato com o FC Porto, mas ontem não se apresentaram no Olival para o início dos trabalhos dos campeões nacionais, devidamente autorizados pela SAD portista.

O futuro do médio está nas mãos do empresário Jorge Mendes e pode passar pelo futebol turco. Depois do interesse manifestado pelo Fenerbahçe, revelado por O JOGO na semana passada, junta-se agora o Galatasaray na lista de clubes que estão seriamente apostados em assegurar o concurso do jogador.

Jorge Jesus, treinador do Fenerbahçe, quer garantir a contratação de Sérgio Oliveira e conta com a capacidade do diretor-desportivo do clube, Mário Jorge Branco, para convencer o médio. Os dois trabalharam juntos no PAOK e foram campeões gregos, construindo uma grande amizade. O Galatasaray, no entanto, não desiste e a rivalidade turca passa agora para as conversas com o FC Porto.

Curiosamente, Diogo Leite também foi associado a ao Fenerbahçe e ao Galatasaray na semana passada. Segundo a Imprensa turca, o FC Porto está disposto a vender o central por cerca de sete milhões de euros, embora os turcos prefiram recebê-lo por empréstimo, mesmo suportando os 750 mil euros do seu salário anual. Certo, para já, é que não entra nas contas de Sérgio Conceição, depois de ter sido cedido ao Braga.