O conselho de Drulovic ao compatriota Grujic: "Jogando no FC Porto..."

Marko Grujic atravessa fase positiva no FC Porto

 foto EPA

Antigo jogador do FC Porto fala de um médio taticamente muito evoluído, mas entende que tem condições para ser mais completo.

A viver em Belgrado, Ljubinko Drulovic tem acompanhado as exibições de Grujic no FC Porto. "Aproveitou estas oportunidades e tem feito excelentes jogos, tanto na Liga dos Campeões como no campeonato português. Tecnicamente, é muito evoluído; não é muito rápido, mas tem uma passada larga e chega a qualquer lado rapidamente, até porque é inteligente. Naquela posição tem tudo. Joga fácil ao primeiro ou segundo toque. Tem altura, também é bom de cabeça", destacou o treinador que levou a Sérvia ao título Europeu de sub-19, em 2013. Só lhe aponta uma coisa negativa:

"Tem de arriscar mais na zona de finalização, até porque tem um bom remate. Vi em alguns jogos que podia ter tentado o golo, mas preferiu passar a bola para o lado ou para a frente."

O antigo jogador considera que o médio não estava a jogar com tanta regularidade porque "a concorrência no FC Porto é muito grande", mas lembra que se trata de "um jogador muito jovem e com margem para evoluir." "Tem muita cultura tática. Adapta-se a qualquer tipo de estratégia", reforça. Jogar em 4x4x2 ou em 4x3x3 não é diferente para Marko. "Pode jogar sozinho, como trinco, e sabe que tem de fechar mais atrás, sem subir tanto no terreno, mas, se o FC Porto jogar em 4x4x2 e ele jogar com mais um companheiro no meio-campo, torna-se ainda mais forte", sublinha.

Drulovic não está surpreendido com o momento atual do compatriota. "Está a ser a época de adaptação, mas agora já mostra o real valor", sintetizou, explicando porquê. "Já conhece a equipa e a maneira como se joga em Portugal. Faltava-lhe ritmo de jogo, mas esta continuidade dá-lhe confiança e ajuda-o em termos psicológicos, porque também é importante que um jogador tenha estabilidade mental. De certeza que o Sérgio Conceição está a apoiá-lo e a dar-lhe confiança", destaca.

Numa altura em que o futuro do jogador não está certo, Drulo deixa um conselho. "Seria bom para ele continuar no FC Porto, seja a título definitivo ou por empréstimo. Está num grande clube e pode jogar a Liga dos Campeões. Isso é fundamental para ele, porque está numa idade de se afirmar como jogador de equipa grande, de top do futebol europeu. Se jogar no FC Porto, vai ser titular da seleção da Sérvia", perspetiva, certo de que a continuidade do médio "seria boa para as duas partes."