Muitos elogios a Pepe, Luis Díaz e Sérgio Conceição: "O trabalho não é negociável"

.

 foto Pedro Correia/Global Imagens

Antigo treinador do Marítimo, Julio Velásquez, em entrevista ao jornal "Marca", fala do FC Porto, que esta terça-feira defronta o Atlético de Madrid em jogo decisivo da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Semelhanças entre Sérgio Conceição e Diego Simeone: "São dois treinadores muito bons. Cada um tem o seu estilo, mas vejo certas semelhanças. O principal, do meu ponto de vista, é que, para ambos, o trabalho não é negociável. Além disso, os dois são muito intensos e têm muita personalidade. Conceição tem demonstrado uma grande capacidade de adaptação a diferentes contextos a cada temporada, chegue quem chegar à equipa. Fomentou o sentimento do FC Porto, uma equipa guerreira que enfrenta cada jogo como uma final, independentemente da prova em que se encontra."

Luis Díaz: "É um futebolista superlativo, do mais alto nível. Ele poderia jogar em qualquer equipa do mundo. Cresceu muito e faz a diferença. Cria permanentemente vantagens por ele próprio e isso não é fácil no futebol atual. Temos de dar muito mérito à equipa de captação do FC Porto e a Conceição por criarem um contexto adequado no qual ele possa expressar todas as suas qualidades."

Pepe: "Ele é a "alma mater" do FC Porto. Traz liderança, a hierarquia... é fundamental. Tem 38 anos, mas a nível físico e de condições parece 10 anos mais novo. É um jogador de equipa, sabe perfeitamente os valores que representa e transmite-os a todos os que chegam ou se juntam da formação. É o tipo de jogador que todo o treinador gostaria de ter. Compreende bem o jogo e ajuda-te em campo. Além disso, ele domina o "outro futebol" de uma forma notável."