Mudanças à vista na área de formação do FC Porto

José Tavares declinou convite para reocupar o cargo de coordenador da formação portista e está de saída do clube.

Doze anos depois de ter entrado no FC Porto, para treinar os juniores C, José Tavares está de saída do clube.

O treinador dos Sub-19 nas últimas duas épocas recebeu um convite para reocupar o cargo de coordenador técnico da formação, que António Natal deixara há cerca de um mês, mas O JOGO sabe que decidiu dar um novo rumo à carreira e que até já se despediu de todos com quem trabalhou ao longo deste período nos azuis e brancos.

Tavares, que coordenou o departamento na fase em que o clube venceu uma Youth League e em que produziu mais talentos (Diogo Costa, Fábio Vieira, Vitinha, Fábio Silva, etc.), analisará agora convites que possam surgir em Portugal e no estrangeiro, enquanto que os dragões estudam uma solução para a função.

Filipe Ribeiro é uma das hipóteses em cima da mesa para trabalhar sob a alçada de Fernando Gomes, vice-presidente para a área do futebol juvenil.