David Carmo fala sobre o "padrinho" Diogo Costa e não esquece Marega

David Carmo com Diogo Costa em plano de fundo

 foto Ivan Del Val/Global Imagens

Em entrevista à "Dragões", o defesa-central do FC Porto apontou o antigo avançado azul e branco como um dos mais difíceis que teve de defrontar.

A 17 de janeiro de 2020, David Carmo estreava-se na equipa principal do Braga num palco que, dois anos e meio depois, passaria a ser a sua casa. Foi no Estádio do Dragão que o central, agora no FC Porto, faria os primeiros minutos na Liga Bwin, num momento que não esquece, até porque cometeu uma grande penalidade sobre... Otávio.

"Ficou-me marcado para sempre e nunca me vou esquecer desse momento. Foi mesmo à frente da bancada dos Super Dragões e senti logo o nível, mas tive o apoio dos meus colegas e até acho que o resto do jogo me correu bem. Apanhei o Marega e o Tiquinho [Soares], dois dos avançados mais complicados da Liga, mas acho que foi bom ter tido dificuldades logo no início para me adaptar mais rápido", afiançou Carmo, em entrevista à revista "Dragões", publicada esta sexta-feira.

O avançado maliano, que entretanto deixou o FC Porto, ocupa, aliás, um lugar de destaque na memória do jovem central. "Que avançado me causou mais dificuldades? Foi aquele que se transferiu agora para o West Ham, o Scamacca. De certeza que vai começar a aparecer mais no mundo do futebol, mas quando nos defrontámos no Euro e nuns amigáveis da seleção tive muitas dificuldades e ficou-me mesmo marcado. (...) A nível nacional, o Marega. Apanhei-o logo no meu primeiro jogo, depois mais uma vez nessa época e duas na seguinte. Era mesmo muito complicado defendê-lo", recordou David Carmo, que, na chegada ao FC Porto, já este verão, contou com o apoio de Diogo Costa durante o processo de adaptação.

"Pela amizade que já tínhamos, o Diogo Costa ajudou-me em tudo, não só aqui dentro como lá fora. A procurar casa, a conhecer a cidade, tudo o que possam pensar. Aqui disse-me como funcionam as coisas com o mister, quais as rotinas da equipa, e ajudoume a encaixar melhor", acrescentou.