"Amarelos a Conceição? Perseguição é uma palavra forte, mas é estranho"

"Amarelos a Conceição? Perseguição é uma palavra forte, mas é estranho"

Declarações de Francisco J. Marques esta terça-feira.

Francisco J. Marques, diretor de comunicação e informação do FC Porto, considera "estranho" o facto de Sérgio Conceição ter visto três amarelos em igual número de jogos esta temporada.

"Perseguição é uma palavra forte, mas é estranho. Parece que o mal do futebol descobriu-se agora: é o comportamento nos bancos e particularmente o do FC Porto. É estranho que tenha sido anunciado em cima do arranque que havia tolerância zero e que esteja circunscrita ao banco do FC Porto. No Casa Pia-Benfica vimos uma reação do banco todo do Benfica, que a mim não me atrapalha, é normal em qualquer campeonato, mas perante a tal tolerância zero aquelas pessoas também deveriam ser advertidas e não foram", afirmou no programa Universo Porto da Bancada.

"Em Vizela, cumprindo o regulamento, OK, o Sérgio Conceição saiu da área técnica e isso é passível de amarelo. Mas quantas vezes é que os treinadores saem da área técnica? O Jorge Jesus fazia a linha lateral e parecia um lateral no vai e vem. O Sérgio saiu, sim, mas foi uma coisa mínima. Há um excesso de rigor", completou.