Alex Telles fura a regra da rotação no FC Porto

Alex Telles fura a regra da rotação no FC Porto
António Soares

Tópicos

Dragões têm duas deslocações exigentes nos próximos dias, pelo que o jogo de quarta-feira será uma oportunidade para que o brasileiro não perca o ritmo alto que já vinha a demonstrar

Alex Telles deverá regressar ao onze do FC Porto, amanhã, quarta-feira, com o Santa Clara, na Taça da Liga, depois de ter cumprido suspensão no domingo, no jogo com os açorianos, a contar para o campeonato, na sequência da expulsão em Portimão.

Ao contrário de alguns titulares que terão oportunidade de descansar na primeira jornada da Taça da Liga, cedendo o lugar a outros menos utilizados, a suspensão acabou por antecipar o descanso que estaria eventualmente previsto para o defesa brasileiro.

Poder voltar a contar com Alex Telles do lado esquerdo da defesa até permite a Sérgio Conceição resolver um dos problemas daquele setor, depois de ter sido obrigado a gerir a ausência do brasileiro com a opção por Manafá. Com Alex na esquerda, o treinador do FC Porto "só" terá de ponderar as opções à disposição para o lado direito, partindo do princípio de que fará descansar Corona, que vem jogando a tempo inteiro adaptado naquela posição.

Num plantel limitado em termos de opções com a qualidade desejada pelo treinador para as laterais, a utilização do brasileiro até permite não descaracterizar completamente o setor e manter qualidade na asa esquerda que, na frente, já deve registar a troca de Luis Díaz por Nakajima.

Por outro lado, confirmando-se o regresso do brasileiro, Alex Telles pode manter o ritmo competitivo alto que mantinha antes da paragem forçada, até porque se segue uma deslocação a Vila do Conde a contar para o campeonato, sempre complicada para os azuis e brancos e, poucos dias depois, a viagem a Roterdão para a segunda jornada da Liga Europa, com o Feyenoord.

Para esses dois jogos, Sérgio Conceição quererá ter a equipa de novo a carburar em alta rotação, pelo que esta jornada da Taça da Liga servirá para gerir essa e outras situações.

Desde que se tornou jogador do FC Porto em 2016/17, Alex Telles tem terminado as temporadas no topo dos mais utilizados, com 45 jogos em cada uma das duas primeiras temporadas. Mas na época passada, o brasileiro ultrapassou mesmo essa fasquia, disputando 53 partidas e acumulando 4795 minutos nas pernas. Fez 151 jogos pelos dragões.