"A pressão é a mesma desde o primeiro dia"

"A pressão é a mesma desde o primeiro dia"

Ausência de títulos na primeira época em Portugal não muda nada. Mas a vontade de retribuir o carinho dos adeptos é grande.

Uma época sem ganhar qualquer título não deixa o treinador do FC Porto mais pressionado. "A pressão é a mesma", garantiu. "Senti a pressão no primeiro dia de FC Porto. É parte do meu dia-a-dia e da minha profissão e é também gasolina para os treinadores. Temos de a assumir com naturalidade e responsabilidade, para dar o máximo e melhorarmos", continuou.

[destaque:4695860]

Os adeptos sim, são uma espécie de pressão que não nega. Mas pela positiva e pela vontade de lhes oferecer algo. "Estão todos muito otimistas e esperançados. Queremos dar-lhes uma alegria", sublinhou. Para se aproximar deles, abriu contas nas redes sociais. Mas esse é outro assunto. "O V. Guimarães, hoje, é o mais importante"