"A forma como Pepe trabalha, como cuida do corpo, como treina todos os dias..."

"A forma como Pepe trabalha, como cuida do corpo, como treina todos os dias..."
Bruno Filipe Monteiro

Tópicos

Marcano concedeu uma entrevista exclusiva a O JOGO e comparou papel do português ao que Munitis teve quando subiu aos seniores do Racing.

Sendo dos mais experientes do plantel e um dos capitães, Marcano tentou motivar Fábio Cardoso antes do jogo com o Liverpool. No entanto, julga que a grande referência da equipa é Pepe. Para os jovens e não só.

Fábio Cardoso entrou no onze em cima da hora do jogo com o Liverpool. Que mensagem lhe transmitiu?
-Todos procurámos passar tranquilidade. É verdade que foi um momento complicado, porque ele ainda não tinha jogado e entrar contra o Liverpool, na Liga dos Campeões, é difícil, sobretudo sem fazer aquecimento. Tentámos passar uma mensagem de confiança, porque é muito bom jogador e está a treinar muito bem. Confiança nele, que não era um exame, porque os exames são todos os dias no treino e ele é um exemplo. Não deu para muito, porque foi pouco tempo, mas foi uma mensagem de confiança.

Que contributo podem dar jogadores como Marcano e Pepe para evolução dos vários jovens da formação no plantel?
-Não vou falar de mim, mas sim de Pepe, que acho que pode ser um bom exemplo, não só para os jovens, mas mais para eles, porque têm muito mais tempo para jogar. A forma como o Pepe trabalha, como cuida do corpo, como treina todos os dias é um grande exemplo. Falo sempre no exemplo que foi para mim o Pedro Munitis, que era o jogador mais importante do Racing [Santander] quando cheguei à La Liga. Era um profissional top e quando vês que o jogador mais importante é um grande profissional, o mínimo que podes fazer é tentar fazer o mesmo que ele. Acho que o Pepe é um bocado o mesmo para os jogadores da formação, que têm muito a aprender com ele.

Não perca a restante entrevista a Marcano: