Exclusivo Yago lembra incidente contra o V. Guimarães: "Jamais festejarei assim, tratei o mal com o mal"

Yago lembra incidente contra o V. Guimarães: "Jamais festejarei assim, tratei o mal com o mal"

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Hélio Nascimento

Tópicos

ENTREVISTA - Yago Cariello chegou este ano à Liga principal e começou logo a marcar, quiçá com a bênção do "Imperador", o compatriota que idolatra e cujos golos continua a ver em vídeo antes de entrar em campo. Comemoração dos "tiros" para os adeptos do V. Guimarães foi uma precipitação, um grande erro.

Tem 23 anos e é a mais recente aposta do Portimonense num jogador oriundo dos escalões inferiores. Ponta-de-lança forte e possante, cabeceia como poucos e vai vivendo momentos únicos, o que é natural para quem há poucos meses ainda atuava no União de Santarém. As confissões de Yago a O JOGO revelam também o lado humano de um jovem brasileiro cuja família não tinha condições para o inscrever numa escola de futebol.

No dia da sua apresentação, disse que era um sonho ter trocado a Liga 3 pela Liga Bwin. Agora, que é uma realidade, que já jogou e marcou, quais os sentimentos?
-É uma coisa muito boa...como disse na altura, trabalhei muito para chegar aqui, acho que cheguei bem e sinto-me já realizado por tudo o que tem sucedido e pelo que consegui alcançar.