Jogadores do Portimonense no papel de agricultores por uma boa causa

Jogadores do Portimonense no papel de agricultores por uma boa causa
Hélio Nascimento

Tópicos

Três jogadores do plantel, Pedro Sá, Lucas Possignolo e Moufi, plantaram árvores na zona de Monchique, associando-se à defesa do ambiente.

Pedro Sá, Lucas Possignolo e Moufi participaram numa ação de solidariedade ao plantarem algumas árvores no Sítio das Corchas, em Monchique, no terreno de um produtor que sofreu na pele o efeito do último incêndio na zona.

O Portimonense associou-se, assim, a uma iniciativa da GEOTA (Grupo de Estudos de Ordenamento do Território e Ambiente), com a presença daqueles jogadores e ainda de Rodiney Sampaio e Robson Ponte, presidente e vice-presidente da SAD, respetivamente, e de Casagrande e Toki, elementos dos sub-23.
Foram plantados medronheiros, para satisfação dos futebolistas, que expressaram a sua solidariedade, sobretudo numa altura em que o meio ambiente encabeça muitas das preocupações do nosso quotidiano. "Plantar uma árvore é um ato solidário e especial, e, neste caso, mostra que o desporto está ao lado da proteção da natureza", assinalou Rodiney.

Os responsáveis por esta iniciativa social de reflorestação mostraram-se sensibilizados com a presença dos jogadores e dos dirigentes. Ao mesmo tempo, Pedro Sá e Rodiney Sampaio, porta-vozes do grupo, enfatizaram o papel do Portimonense na "coabitação com os vizinhos" e a firme disposição de estarem sempre na linha da frente nestas ações de caráter social.