Jackson falou do clássico, de Luis Díaz e avisou: "Já deixei recados, agora não vou fazê-lo"

Jackson falou do clássico, de Luis Díaz e avisou: "Já deixei recados, agora não vou fazê-lo"

Avançado colombiano do Portimonense analisou a chegada do compatriota ao FC Porto e garante que não pensa na seleção.

Jackson Martínez reconheceu a incapacidade do Portimonense para travar o Sporting, "que entrou muito forte", deixando claro que o seu objetivo passa por ajudar a equipa "com golos".

"Esta época tenho menos mazelas, sinto-me melhor fisicamente. Fiquei porque valorizo o clube, esteve lá para mim numa fase difícil da minha carreira", disse, falando sobre o clássico, seleção e Luiz Díaz, compatriota do "Cha cha cha" que reforçou o FC Porto:

"Desfrutei do clássico, mas pelo futebol. Não misturo as coisas. Carlos Queiroz? Já deixei recados, agora não vou fazê-lo. A seleção é jovem. Luis Díaz? Adapta-se depressa, vai ser bom para ele e para a seleção, onde já faz a diferença", afiançou Jackson, que representou o FC Porto durante três temporadas.