Jackson: as contas com o Benfica e um rumor de mercado

Jackson: as contas com o Benfica e um rumor de mercado
Hélio Nascimento

Tópicos

Colombiano já defrontou o Benfica por nove vezes, ao serviço do FC Porto, registando três vitórias, três empates e três derrotas.

Jackson Martínez é uma das setas do Portimonense apontadas à baliza do Benfica, sendo também o jogador do plantel algarvio que, sem sombra de dúvidas, mais "contas" tem a ajustar com os encarnados. Nas três épocas em que alinhou no FC Porto, entre 2012 e 2015, o colombiano regista nove partidas frente ao Benfica, com o equilíbrio a ser total em termos estatísticos: três vitórias, três empates e três derrotas. Destes nove jogos, seis foram para o campeonato (duas vitórias, dois empates e duas derrotas), dois para a Taça de Portugal (uma vitória e uma derrota) e um para a Taça da Liga (um empate).

O avançado já marcou três golos às águias, o primeiro em 2012/13, no empate por 2-2 na Luz para o campeonato, e os outros dois em 2013/14, no triunfo por 2-1 para o campeonato e nas meias-finais da Taça de Portugal (vitória por 1-0 na primeira mão). De todas as vezes em que defrontou o Benfica, atuou sempre a totalidade dos 90 minutos, tendo visto em três ocasiões o cartão amarelo. Agora, prepara-se para reeditar um duelo - nomeadamente com Jardel - que deu brado naquelas épocas, constituindo uma atração suplementar para o espetáculo de dia 2, num Portimão Estádio que terá certamente a lotação esgotada.

Autor de quatro golos nesta época, Jackson já teve como adversários o Sporting e o FC Porto neste regresso ao futebol português. Frente aos leões (triunfo por 4-2) saiu aos 84 minutos, e, perante os dragões (derrota por 4-1), foi substituído aos 75 minutos. Ficou em branco nos dois jogos, pelo que este reencontro com o Benfica é também encarado como especial sob este ponto de vista - o de faturar contra um grande. Aos 32 anos, o colombiano voltou a ser a referência do jogo ofensivo da sua equipa, neste caso o Portimonense. Para Folha, é Jackson e mais dez.

Equador chama colombiano

O Emelec, do Equador, está interessado nos serviços de Jackson Martínez, segundo noticia a Imprensa daquele país, no sentido de consolidar a sua posição dominante no panorama interno, já que o Emelec é o atual líder do campeonato equatoriano. Jackson está emprestado pelos chineses do Evergrande aos algarvios, mas admite-se que a SAD possa comprar o colombiano definitivo.