Portimonense 2019/20: manter espinha dorsal será a melhor garantia

Portimonense 2019/20: manter espinha dorsal será a melhor garantia
Hélio Nascimento

Tópicos

Folha volta a apelar à tranquilidade para tirar o melhor rendimento de uma equipa que sofreu poucas baixas e que aposta mais uma vez em valores jovens e de futuro

O Portimonense ataca a época de 2019/20 com a espinha dorsal da última temporada, quiçá a melhor das garantias de António Folha, o treinador em quem a SAD deposita total confiança para um projeto que aponta, a médio prazo, para a disputa de um lugar que dê acesso às competições europeias. A equipa reforçou-se quanto baste, sobretudo no mercado brasileiro, que, de resto, tem sido o principal alvo dos negócios da administração que gere o futebol profissional do clube. Agora sem Rúben Fernandes e Vítor Tormena, e, por ora, sem saber se Lucas Fernandes voltará do São Paulo, os algarvios apostaram mais uma vez em valores emergentes (o japonês Anzai, o brasileiro Rómulo e o extremo Marlos Moreno, entre outros) para manter o bom rendimento e alcançar a desejada permanência.

Os particulares da pré-época (duas vitórias, dois empates e quatro derrotas) serviram, como sempre, para rodar jogadores e aquilatar das reais possibilidades dos "novos". Folha apelou mais uma vez à tranquilidade para construir, sem pressas, um onze que dê garantias, pouco ou nada preocupado com os resultados alcançados nesses testes.

O JÓQUER

Koki Anzai na rota do filão japonês

Koki Anzai tem 24 anos, é internacional e chegou a Portimão para confirmar que o filão japonês não se esgotou em Nakajima. É um lateral-direito rápido e objetivo no acompanhamento dos lances de ataque e gosta de atirar ao golo, tendo marcado seis golos na época e meia em que alinhou pelo Kashima Antlers. Pode também atuar no flanco esquerdo da defesa, sendo notório, em qualquer dos lados, a sua propensão ofensiva. Nos particulares da pré-temporada, deu já para perceber que lê bem o jogo, não tem medo de meter o pé e ensaia o drible com total à-vontade. Mais do que uma formiguinha laboriosa, Anzai dá mostras de ter maturidade e personalidade suficientes para pegar de estaca na equipa e ser uma das boas revelações da Liga. Se confirmar o prometido até agora, tem tudo para que a parceria com Tabata se torne um caso sério para os adversários.

NÚMERO: 11
O plantel 2019/20 do Portimonense recebeu 11 reforços das mais variadas proveniências. Em Portugal foram contratados três; do Japão veio um; no Brasil foram escolhidos cinco; um chegou da Arábia Saudita e outro de Inglaterra.

PLANTEL

GUARDA-REDES
Ricardo Ferreira (Portimonense); Gonda (Portimonense), Nedja Stojisic (Portimonense) e Samuel (Portimonense).
DEFESAS
Koki Anzai (Kashima, LD), Hackman (Portimonense, LD), Jadson (Portimonense, DC), Lucas (Portimonense, DC), Everson (Bahia, DC), Willyan (Cova da Piedade, DC), Rodrigo (São Paulo, DC), Henrique (Portimonense, LE) e Felipe Vieira (Londrina, LE).
MÉDIOS
Pedro Sá (Portimonense, MD), Dener (Portimonense, MO), Paulinho (Portimonense, MO), Rómulo (Londrina, MO), Luquinha (Londrina, MO), Jorge Vilela (Aves, MD) e Bruno Reis (Portimonense, MO).
AVANÇADOS
Jackson Martínez (Portimonense, AV), Tabata (Portimonense, AD), Aylton (Portimonense AE), Ruster (Portimonense, AD). Marlos Moreno (Manchester City AV), Beto (Montijo, AV), Iury (Al-Fahya, AV) e Sérgio Santos (Portimonense, AE)

EQUIPA TÉCNICA
Treinador: António Folha
Treinador adjunto: Fábio Moura
Treinador adjunto: Rui Sá Lemos
Treinador adjunto: Ricardo Pessoa
Treinador de guarda-redes: Pedro Silva

PRÉ-TEMPORADA

TOP GOLOS
Ruster; Lucas: 2
Jadson; Willyan; Pedro Sá, Paulinho e Iury: 1
MAIS PRESENÇAS NO ONZE TITULAR
Henrique, Rômulo, Ricardo Ferreira; Gonda; Anzai; Pedro Sá: 4
Jadson; Bruno Reis; Iury; Aylton; Beto; Everson; Felipe Vieira; Gleison; Sérgio Santos; Lucas: 3

A OPINIÃO, por Rui Ferreira
Com o mesmo treinador, Folha, o "esqueleto" da época passada e 11 "músculos" novos, contratados cirurgicamente em mercados que Theodoro Fonseca e Rodiney Sampaio tão bem conhecem, como o brasileiro e o japonês, o plantel do Portimonense promete repetir o bom futebol que perfumou os relvados portugueses na época passada, especialmente na primeira volta, quando os algarvios vergaram Sporting e Benfica com exibições de grande nível, baixando um pouco de nível na segunda metade do campeonato, fruto de algumas saídas.

Entre os 11 reforços, provenientes de cinco campeonatos diferentes - Japão, Brasil, Portugal, Inglaterra e Arábia Saudita -, há grandes promessas. O internacional japonês Anzai é uma das que suscitam mais curiosidade, mas há também um "cara" chamado Rómulo, de 23 anos, ex-Londrina, e muito futebol nos pés para se mostrar na "vitrina", palavra usada ontem por Rodrigo, outro dos novos, este com o "selo de garantia" do São Paulo, para resumir o que vai ser pisar o relvado do Portimão Arena quando a bola começar a rolar a sério. A promessa passa novamente por jogar bom futebol.