Jackson Martínez arrancou em Portimão, mas sem queimar etapas

Jackson Martínez arrancou em Portimão, mas sem queimar etapas
Hélio Nascimento

Tópicos

Avançado colombiano já treina integrado no plantel do Portimonense.

O primeiro dia de treinos de Jackson Martínez no Portimonense decorreu com absoluta tranquilidade, nos relvados da Penina, quinta-feira à tarde. O colombiano, que fica com o número 9 na camisola, integrou-se na preparação e parece pronto para o que aí vem, mas sem queimar etapas. "Dependendo do estado físico dele, vamos utilizá-lo a 90, 60 ou 30 por cento, consoante a sua resposta, face à paragem prolongada", reconheceu António Folha, o treinador. "Só quero que ele volte a ganhar a felicidade de jogar à bola". Jackson, por sua vez, relegou também para plano secundário a hipótese de vir a defrontar o V. Guimarães, no regresso da I Liga. "Não sei, vamos aguardar. Quero é superar o muito tempo que estive sem jogar", vincou o goleador, 31 anos, que assinou até final da época, emprestado pelos chineses do Guangzhou Evergrande.

Agora, é tempo de recuperar o tempo perdido. Jackson tem treinado, seguindo um plano personalizado de preparação e recuperação, mas, como ele diz, "treinar é muito diferente de jogar". Para já, integra-se no grupo, assimila as ideias de Folha e vai piscando o olho a uma oportunidade para fazer aquilo de que mais gosta. Amanhã de manhã, a propósito, o Portimonense defronta o Farense, em mais um jogo-treino.