Folha: "É um enorme voto de confiança na equipa técnica"

Folha: "É um enorme voto de confiança na equipa técnica"
Hélio Nascimento

Tópicos

Folha comenta o prolongar do contrato até 2024

António Folha comentou o anúncio feito por Theodoro Fonseca, acionista maioritário da SAD, que deu conta da prorrogação do contrato com o treinador até 2024, com uma cláusula de 40 milhões de euros.

"Demonstra uma confiança total do Portimonense nesta equipa técnica. Já tinha dito que havia conversações no sentido de assinar por mais dois anos, mas agora propuseram mais quatro. Continuamos tranquilos e serenos", disse Folha.

"É um enorme voto de confiança", prosseguiu, destacando "o projeto e o conjunto de fatores que se mantêm, desde que aqui cheguei, com a forte ideia de ajudar o clube a crescer". "Tudo isto junto, para um treinador, é bastante aliciante".

O foco, esse, continua a ser o de alcançar o "mais alto nível, com alegria e paixão e seguir em frente a minha carreira", acrescentou, frisando que "toda a equipa técnica fica contente com esta decisão". Sobre a cláusula de 40 milhões, reiterou que se enquadra "na tal prova de confiança para dar continuidade ao projeto, e não é só o Folha, é toda a equipa técnica". "A responsabilidade é maior, mas vamos dar o nosso melhor", concluiu.

As declarações do treinador foram dadas após o particular com o Lille, ganho pelos vice-campeões franceses, por 2-1. O golo dos algarvios coube a Lucas e no Lille alinharam José Fonte, Reinildo, Edgar Ié e Leo Jardim, todos bem conhecidos do futebol português. Rafael Leão, que continua a ser alvo de alguns convites de tubarões da Europa, ficou na bancada, tal como Xeka, a recuperar de uma ligeira lesão.