Central deixa o Boavista e reforça a defesa do Portimonense

Central deixa o Boavista e reforça a defesa do Portimonense
Hélio Nascimento

Tópicos

Lucas Tagliapietra chega do Boavista, que mantém 30 por cento do passe no caso de uma futura venda. É mais um jogador experiente para o eixo da defesa

Lucas Tagliapietra, defesa-central de 29 anos que na última época representou o Boavista, é reforço do Portimonense para as duas próximas temporadas, sendo até possível que já este domingo se apresente a Paulo Sérgio.

O brasileiro ainda tinha contrato com os axadrezados, que ficam com 30 por cento dos direitos do jogador em caso de futura venda. Trata-se de mais uma "contratação cirúrgica" dos algarvios, quiçá na sequência das pretensões do treinador, que no primeiro dia de trabalhos dera conta da necessidade de reforçar o eixo da defesa, de preferência no lado canhoto.

Lucas fez 12 jogos e marcou dois golos pelo Boavista (a Santa Clara e V. Guimarães) numa época marcada por uma lesão que o afastou algum tempo dos relvados. Na outra passagem pelo Bessa, em 2016/17, realizou 34 jogos e obteve quatro tentos. É um central de grande envergadura física (1,94 metros) e muito experiente, com apetência para o jogo aéreo e para os lances de bola parada. Tem dupla nacionalidade (brasileira e italiana) e desde 2012 que iniciou um périplo por vários clubes, tendo jogado em Hong Kong, Moldávia, Escócia, Equador e Arábia Saudita. No Brasil, representou o Juventude de Caxias, onde fez grande parte da sua formação, e o Santa Cruz, do Rio Grande do Sul.