"Aylton vai dar um grande salto"

Hélio Nascimento

Tópicos

Extremo foi o homem do jogo em Tondela, confirmando um início de época em grande

Aylton Boa Morte é o homem do momento no Portimonense e foi considerado o MVP da vitória em Tondela (2-1), onde marcou um golo e fez a assistência para o outro, da autoria de Iury. O excelente arranque do extremo na presente época não fica por aqui, uma vez que no outro triunfo - 2-0 à Académica para a Taça da Liga - esteve igualmente nos dois tentos, obtendo um e sofrendo a falta para a grande penalidade que foi transformada por Paulinho. Ou seja, esteve em todos os golos da equipa de Folha.

"Admirado não estou. O Aylton foi destaque na II Liga, ao serviço do Estoril, e agora, em Portimão, embora tenha chegado [no mercado de janeiro] numa altura em que a equipa estava formada há meses, o certo é que não desanimou e começou à procura do seu espaço, que veio a ganhar, pois no final da temporada era uma mais-valia", resume Gonçalo Santos, o experiente médio do Estoril que dividiu o balneário com Aylton e conhece bem o seu futebol. "Tem muita agilidade e velocidade e é um jogador intenso. Começou a fazer golos, porventura um "handicap" que tinha, porque não fazia muitos, revelando agora maior confiança. Foi o homem do jogo em Tondela e a tranquilidade que respira tem reflexo nas boas atuações e nos golos", vinca Gonçalo.

"Era este salto que ele tinha de dar na carreira. O Portimonense é um clube estável, do meio da tabela, e joga bom futebol. O Aylton aproveitou, e, pensando bem, se continuar com este registo, se calhar vai dar um salto ainda maior. E sustentado", conclui Gonçalo Santos, convicto de que o seu ex-colega tem tudo para brilhar nesta época.