Paulo Sérgio e o incidente com Conceição: "Só faltou meterem-nos uns meses em Custóias"

O incidente entre Paulo Sérgio e Sérgio Conceição

 foto Carlos Vidigal Jr. / Global Imagens

Declarações do treinador Paulo Sérgio na antevisão do Portimonense-FC Porto, da 13ª jornada da Liga Bwin

Sobre o incidente com Sérgio Conceição no Portimonense-FC Porto (1-2) de março passado, Paulo Sérgio assegurou que "são águas passadas" e que "está completamente ultrapassado", criticando até a forma como o episódio foi analisado.

"Desentendemo-nos e não ficámos orgulhosos disso. Mas, na altura, também quase que nos quiseram crucificar. Em relação a ataques pessoais, até a mim me envergonhou estar envolvido numa situação em que ele estava a ser atacado de uma forma cruel. Sabemos como são as guerrilhas entre grandes e as coisas depois descambaram, só faltou meterem-nos aos dois uns meses em Custóias", ironizou o treinador em alusão ao estabelecimento prisional.

Com a garantia de "um reencontro tranquilo", Paulo Sérgio finalizou sobre a relação com Conceição: "Provavelmente, é mais o que nos une do que aquilo que nos separa."

O Portimonense, sexto classificado, com 20 pontos, recebe na sexta-feira o FC Porto, que partilha a liderança da I Liga com o Sporting, com 32, em jogo marcado para o Estádio Municipal de Portimão, às 19:00, com arbitragem de Manuel Oliveira, da associação do Porto.