Acordo fechado: médio iraniano vai reforçar o Portimonense

Acordo fechado: médio iraniano vai reforçar o Portimonense
Hélio Nascimento

Tópicos

O jovem é bem conhecido de Paulo Sérgio, que já o treinou no Sanat Naft do Irão, um clube ligado à indústria petrolífera da cidade de Abadan. Trata-se de um internacional sub-23 com muito para progredir.

Jafar Salmani, um iraniano de 23 anos, é a nova aposta do Portimonense, na linha de outras contratações feitas junto deste mercado do Médio Oriente. Trata-se de um médio que alinhava no Sanat Naft Abadan - equipa da indústria petrolífera de Abadan - e que, curiosamente, já foi treinado por Paulo Sérgio, em 2018/19, quando o atual técnico dos algarvios trabalhou no futebol do Irão.

A informação começou a ser veiculada pela agência ISNA, dando conta do interesse da SAD e do próprio Paulo Sérgio em contar com este jovem, internacional sub-23 e promessa do seu país, sublinhando a importância da transferência para os iranianos. Salmani pode também atuar como ala esquerdo, mas é no meio-campo que mais rende, sendo o segundo jogador do Sanat Naft a atuar no estrangeiro. O acordo está feito, a título definitivo, com a validade de três anos.

Depois do iraquiano Mimi, que esteve meia época no Algarve, os alvinegros avançaram já esta época para Safawi Rasid, da Malásia, que é esperado por estes dias, e agora para Jafar Salmani. A aposta da SAD passa pela descoberta de jovens para "lapidar", e, ao mesmo tempo, pela divulgação da "marca" Portimonense num mercado ainda com muito por explorar.

Recorde-se, a propósito, o "intercâmbio" com vários clubes chineses e sobretudo japoneses, com resultados à vista: Nakajima, hoje no FC Porto, tornou-se um autêntico filão, e tanto Gonda como Koki Anzai, que se mantêm no plantel, têm dado mostras da sua valia na I Liga.