Pepa é o novo treinador do Paços de Ferreira

Pepa é o novo treinador do Paços de Ferreira

Ex-Tondela sucede a Filipe Rocha no comando técnico dos pacenses

O Paços de Ferreira anunciou na noite desta segunda-feira que Pepa é o sucessor de Filipe Rocha no comando técnico da equipa principal. O ex-treinador do Tondela regressa assim ao ativo, assumindo à quinta jornada a formação pacense, atual lanterna-vermelha da I Liga. O Paços não acrescentou pormenores sobre o contrato.

O Paços de Ferreira anunciou na noite deste domingo que Filipe Rocha deixou de ser o treinador da equipa principal. Ao cabo de quatro jornadas na I Liga sem qualquer vitória e apenas um empate, o ciclo de Filó acabou no clube pacense. Trata-se da primeira chicotada psicológica da temporada 2019/20.

"A direção do FC Paços de Ferreira vem, pelo presente comunicado, informar que a equipa técnica liderada por Filipe Rocha deixou, a partir da presente data, de exercer funções no Clube. A direção agradece todo o empenho que os seus elementos tiveram no período em que estiveram ao serviço do FC Paços de Ferreira e deseja-lhes as maiores felicidades para o futuro", pode ler-se no comunicado do Paços de Ferreira.

No comunicado não são adiantados mais pormenores sobre esta 'chicotada', a primeira nos campeonatos profissionais, decorridas somente quatro jornadas, mas o último lugar da equipa, de regresso ao escalão principal depois de se ter sagrado campeã da II Liga em 2018/19, poderá explicar este desfecho, a que também não será alheia a paragem nos campeonatos para os compromissos das seleções nacionais.

Ao fim da quarta jornada, o Paços ocupa o último lugar do campeonato, com apenas um ponto, tem um golo marcado, de grande penalidade, e oito sofridos, cotando-se como a segunda pior defesa até ao momento.

Acabou por ser curta a estreia do técnico Filipe Rocha, antigo atleta pacense, na I Liga, depois de uma boa prestação em 2018/19 ao serviço do Sporting da Covilhã, do segundo escalão.