Pepa e a expulsão frente ao FC Porto: "Não tenho problemas em admitir..."

Pepa e a expulsão frente ao FC Porto: "Não tenho problemas em admitir..."

Treinador do Paços de Ferreira protestou e viu o cartão vermelho.

Pepa, treinador do Paços de Ferreira, foi expulso pelo árbitro Tiago Martins já na ponta final do encontro com o FC Porto, ganho pelos dragões por 2-0.

"Excedi-me nos protestos no calor do jogo, e não tenho problemas em admitir. Ainda não fui ao balneário do árbitro, mas peço desculpa pela atitude", afirmou na conferência de imprensa.

"Parabéns ao FC Porto pela vitória, mas tenho de realçar que estivemos sempre no jogo e acabámos por sofrer o segundo golo no nosso melhor momento. Tivemos uma melhor prestação no segundo tempo, mas a nossa definição no último terço não foi a melhor. Na primeira parte, sofremos um golo de bola parada, mas a equipa não abanou. Não conseguimos sair tão bem da pressão, e foi uma pena não fazermos um golo quando até tínhamos a partida equilibrada", afirmou sobre o jogo.

"Não vivemos de vitórias morais, saímos com zero pontos, mas com a certeza de que podíamos ter feito algo mais. Tenho de enaltecer a minha equipa: dos 11 jogadores, 10 jogavam a época passada na II Liga, e não se encolheram, tentaram disputar o jogo. Depois do segundo golo fantástico do FC Porto, senti que a equipa não tinha a mesma a capacidade para reagir", completou.