Paulo Fonseca admite sair para o estrangeiro

Paulo Fonseca admite sair para o estrangeiro

Treinador do Paços de Ferreira confessou que o seu representante lhe diz que o futuro aponta "mais para o estrangeiro".

Paulo Fonseca admitiu esta terça-feira que pode sair para o estrangeiro. "Existe essa possibilidade de sair para o estrangeiro. Tenho uma pessoa a tratar do meu futuro e neste momento aponta mais para o estrangeiro", confessou o treinador que tem mais um ano de contrato com o Paços de Ferreira no programa "Grande área", da RTP Informação. "O futebol espanhol e o inglês" são os que mais o atraem, mas reconheceu que "não é fácil sair para um campeonato desses".

Sobre a noticiada possibilidade de suceder a Vítor Pereira no comando técnico do FC Porto, Paulo Fonseca garantiu que não tem conhecimento de qualquer interesse. "Desconheço totalmente. Não houve nenhum contacto que me possa levar a confirmar essa notícia".

Paulo Fonseca voltou a congratular-se com a afirmação do presidente do Paços de Ferreira, Carlos Barbosa, que considerou que o clube "já é pequeno para ele", considerando que, de facto, pode não cumprir o contrato até ao fim. "Foi um elogio como forma de agradecimento. A questão é que tenho mais um ano de contrato, o presidente já percebeu que pode acontecer a minha saída e a acontecer será o reconhecimento do meu trabalho esta época".