Jorge Simão: "Compreendo o desagrado dos adeptos e temos de aceitar"

Jorge Simão: "Compreendo o desagrado dos adeptos e temos de aceitar"

Declarações do treinador Jorge Simão após o jogo Paços de Ferreira - Arouca, que terminou empatado, 0-0, da nona jornada da Liga Bwin

Sobre o jogo: "Não foi uma exibição na linha do que temos vindo a fazer, mas acaba por ser um ponto conquistado com esforço e uma entrega muito grande. O campeonato é feito de pontos amealhados, mesmo quando a equipa não consegue apresentar a qualidade que já demonstrou."

Jogo atípico: "Foi um jogo difícil, atípico, com substituições forçadas, como aconteceu em quatro das cinco que fizemos, mas não quero apontar essa razão para justificar a exibição qualitativa menos conseguida.

Diaby e a expulsão: "O Diaby foi um tónico importante para a nossa equipa e a tendência do jogo já tinha virado, mas depois da expulsão [do Nuno Santos] o jogo entra num patamar diferente."

Os adeptos: "Tivemos dificuldades na nossa construção, onde até costumamos ser fluidos, perdemos bolas à entrada da área, o que criou ainda mais insegurança, especialmente na primeira parte. Compreendo o desagrado dos adeptos e temos de aceitar. É normal e até expectável."