Cobiça no Paços tem um preço: 1,5 milhões de euros

Cobiça no Paços tem um preço: 1,5 milhões de euros

Clube grego terá de desembolsar 1,5 milhões de euros para comprar o passe do médio Pedrinho.

A dividir a liderança no principal campeonato da Grécia com o PAOK, o AEK equaciona a contratação de Pedrinho. O clube de Atenas estabeleceu como prioritária a contratação de um médio-ofensivo e já sabe que o Paços de Ferreira não aceitará fechar negócio por menos de 1,5 milhões de euros, estando o jogador de 24 anos seguro por um contrato válido até junho de 2020. Nesta temporada, o AEK chegou a disputar a terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões e ocupa atualmente o segundo posto no grupo D da Liga Europa, sendo o trinco português André Simões (ex-Moreirense) um dos trunfos da formação comandada pelo espanhol Manolo Jiménez. O Videoton (Hungria) e o Lech Poznan (Polónia) também já trataram de saber em que condições poderão adquirir o passe de Pedrinho.

O Paços de Ferreira recebe amanhã o Sporting e o médio André Leão, com uma tendinite num joelho, não entra nas contas do treinador Petit.