FC Porto-Sporting gera mais processos: SAD portista e coletes azuis visados

FC Porto-Sporting gera mais processos: SAD portista e coletes azuis visados
Redação

Tópicos

A 11 de fevereiro, o FC Porto recebeu o Sporting num jogo referente à 22.ª jornada da Liga Bwin. A partida terminou e seguiram-se desacatos entre vários elementos das duas equipas.

Na sequência dos desacatos no final do FC Porto-Sporting (2-2), da Liga Bwin, disputado a 11 de fevereiro, o Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) instaurou um processo disciplinar a vários indivíduos/entidades.

Em comunicado, o CD informa que foi instaurado um megaprocesso disciplinar a João Paulo Vieira de Sousa, a Ricardo Manuel Vasconcelos Carvalho, a Carlos Miguel Alves Carvalho, à Futebol Clube do Porto - Futebol SAD, a Matheus Reis, a Manuel Silva, a Cláudio Filipe Nova e a Carlos Elias.

Os três primeiros indivíduos referidos são diretores do FC Porto, que trabalham na área da direção de campo e de segurança, no Estádio do Dragão. Manuel Silva, Cláudio Filipe Nova e Carlos Elias são funcionários de uma empresa contratada pelos azuis e brancos para o jogo em questão - as pessoas que envergavam coletes azuis e foram identificadas por agressões a Matheus Reis, jogador do Sporting.

"O processo foi enviado, dia 17 de maio de 2022, à Comissão de Instrutores da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, ficando excluída a publicidade até ao fim da instrução", lê-se ainda na nota do CD.