Só Fábio Silva "pagou" o somatório de vendas do Sporting

Só Fábio Silva "pagou" o somatório de vendas do Sporting
Bruno Fernandes

Tópicos

Sem olhar a comissões, operação de 40 M€ é superior à soma das transferências do Sporting (39,05 M€).

O FC Porto perdeu mais confrontos diretos para o Sporting, sim, mas acabou por praticamente dobrar aquilo que foram as receitas com a cedência de futebolistas no comparativo com o rival, fixadas, ainda sem dados oficiais mas em valores avançados pelo nosso jornal, nos 76,25 milhões de euros (M€), contra os 39,05 M€ dos verdes e brancos (diferença de 37,2 M€), esses, sim, já comunicados à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

E tudo por "culpa" de um miúdo de 18 anos, de nome Fábio Silva, que se transferiu para o Wolverhampton a troco de 40 M€: só o avançado cobre as três operações leoninas (Wendel, Acuña e Matheus Pereira, sem metas), isto se não olharmos aos 10 M€ de comissões adjacentes à operação.

Tal como O JOGO já adiantara no início de 2020, os azuis e brancos, e face à necessidade de equilibrar as contas do grupo, precisavam de encaixar pero de 100 M€: a UEFA também estava atenta e, mesmo não chegando a esta soma, a verdade é que o dragão escala até muito perto da mesma se lhe juntarmos, por exemplo, opções e objetivos, como os 16 M€ que o PSG dificilmente não pagará para ficar com o médio em definitivo. Alex Telles, que rendeu 15 M€ à cabeça vindos do Manchester United, também pode acumular nova verba, neste caso 2 M€ de fácil concretização.

O Sporting, na mesma ótica, também chegou ao defeso com a necessidade de realizar encaixes, porque apesar de ter apresentado um exercício acima dos 10 M€ positivos, tinha Amorim para cumprir junto do Braga, assim como outras dívidas a fornecedores. Depois dos 8,25 M€ garantidos com Matheus Pereira (opção via WBA), o Sporting ainda conseguiu agarrar 10,5 M€ por Acuña, fornecidos pelo Sevilha, fechando a loja com Wendel para o Zenit, que custou 20,5 M€ aos cofres russos. Nestes dois últimos negócios, há objetivos que chegam aos 4 M€ e 2 M€ em cada operação.