PSP em diligências para identificar adeptos que insultaram Marega

PSP em diligências para identificar adeptos que insultaram Marega
Redação

Tópicos

Comunicado da Polícia de Segurança Pública refere que "não foram efetuadas detenções ou identificações" no domingo.

A Polícia de Segurança Pública (PSP) anunciou esta segunda-feira que está a fazer as "diligências necessárias" para identificar os adeptos que, no domingo, insultaram Marega durante o jogo entre Vitória de Guimarães e FC Porto, disputado na cidade berço.

"Não obstante não ter sido possível proceder no recinto a qualquer identificação ou detenção, em face da moldura humana e concentração de pessoas, a PSP, dentro do quadro legal indicado, está a fazer as diligências necessárias para identificar os suspeitos que cometeram as infrações criminais e contraordenacionais, levando-os perante as entidades judiciais e administrativas competentes", assinala o organismo, em comunicado enviado às redações.

A PSP refere que os adeptos em questão "dirigiram palavras e gestos racistas e xenófobos" ao avançado do FC Porto, algo que "configura um crime previsto o punido no Código Penal" e que poderá ser punido com pena de prisão de seis meses até cinco anos.

"A prática de atos ou o incitamento à violência, ao racismo, à xenofobia e à intolerância nos espetáculos desportivos, sem prejuízo de outras sanções aplicáveis, sendo esta punida com coima entre 1000 euros e 10 000 euros", acresenta o comunicado.