Não procure mais: eis tudo o que precisa de saber sobre o clássico

Não procure mais: eis tudo o que precisa de saber sobre o clássico

O FC Porto ascendeu à liderança da I Liga depois de bater o rival Benfica por 1-0, na Luz.

O FC Porto ascendeu este domingo à liderança da I Liga, ao vencer no reduto do rival Benfica por 1-0, graças a um golo de Herrera, apontado aos 90 minutos.

Os dragões passaram a somar 76 pontos, mais dois do que as águias, numa altura em que faltam disputar quatro jornadas.

Após o apito final de Artur Soares Dias, Herrera e Jardel falaram na zona de entrevistas rápidas. O mexicano destacou a crença do plantel do FC Porto antes do jogo na Luz, enquanto o central do Benfica recusou atirar a toalha ao chão, apesar da derrota.

Do lado dos treinadores, Sérgio Conceição foi questionado sobre um lance de Zivkovic na grande área do FC Porto, já no período de compensação. Já na sala de imprensa, enalteceu as qualidades de Herrera enquanto capitão de equipa dos dragões. Rui Vitória, à semelhança de Jardel, preferiu virar baterias para as quatro jornadas que restam e reiterou a confiança na revalidação do título de campeão nacional.

Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do FC Porto, também falou aos jornalistas, mas na zona mista do Estádio da Luz, aproveitando para deixar algumas alfinetadas ao Benfica, mas salientando a disputa intensa de um jogo entre "duas boas equipas". Sérgio Conceição e Herrera foram merecedores de elogios do líder azul e branco.

No rescaldo do clássico, a PSP teve que intervir no exterior do recinto encarnado, para travar confrontos entre adeptos. Foram feitas sete detenções e houve registo de seis agentes feridos.

Em termos de festa, os jogadores do FC Porto reagiram prontamente através das redes sociais, com alguns ex-jogadores do clube a manifestarem a mesma alegria. Lucho González festejou no Brasil. Ainda no interior do Estádio da Luz, os adeptos portistas pediram um FC Porto campeão.

Na próxima jornada, a 31ª da I Liga, o FC Porto recebe o Vitória de Setúbal (dia 23, segunda-feira, às 20h00), enquanto o Benfica se desloca ao terreno do aflito Estoril (dia 21, sábado, às 20h30)