Premium Questão central no Benfica-FC Porto: rotina jovem desafia experiência

Questão central no Benfica-FC Porto: rotina jovem desafia experiência
Frederico Bártolo

Tópicos

Centrais Rúben e Ferro têm 22 anos e os 88 jogos juntos ajudam no arranque. Entre os calejados dragões, Pepe reina nos números, mas os outros sectores penalizam

Benfica e FC Porto encontram-se no sábado cheios de certezas no eixo central. As duplas Rúben Dias-Ferro e Pepe-Marcano têm sido titulares pelas respetivas equipas e cumpriram os 90 minutos em todos os jogos oficiais da temporada. Para já, o Benfica segue sem golos sofridos e com três vitórias. Os centrais do FC Porto já viram o tombo com Gil Vicente e Krasnodar, com cinco golos sofridos. Desses, três aconteceram na ala esquerda, um de bola parada e o tento de Kraev, do Gil Vicente, foi o único com responsabilidade do eixo. O JOGO consultou Dito, ex-central de Benfica e FC Porto, que reparte a culpa, até porque Pepe tem-se assumido como um destaque na equipa: "Viram-se desposicionamentos e más abordagens dos centrais que são normais pelo pouco tempo de jogo juntos. O FC Porto tem muito a melhorar coletivamente quando está a defender."