Exclusivo Futebol chocado com inquérito instaurado pelo CD ao Portimonense

Futebol chocado com inquérito instaurado pelo CD ao Portimonense

Treinador Paulo Sérgio declarou sentir "vergonha" pelo inquérito instaurado pelo Conselho de Disciplina federativo ao onze do Portimonense na derrota (7-0) com o FC Porto - e não está sozinho.

"Excesso de zelo", "vergonha", repúdio perante um caso que "não existe" e põe em causa um "homem sério" e o "direito exclusivo do treinador" a decidir o onze foram algumas das reações recolhidas por O JOGO a propósito da decisão do Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol de instaurar um processo de inquérito ao Portimonense por "eventual apresentação de equipa inferior" no Dragão, onde foi goleado pelo FC Porto, por 7-0, na jornada 30 da Liga Bwin (16 de abril).

Castigos, lesões e um jogo decisivo para arrumar as contas da permanência na ronda seguinte, com o Moreirense, levaram o treinador Paulo Sérgio a uma profunda alteração ao onze habitual, assumida de forma desassombrada em pleno relvado, em declarações à Sport TV.