Famalicão é o líder isolado da I Liga e há um ano já ameaçava

Famalicão é o líder isolado da I Liga e há um ano já ameaçava

FC Porto e Benfica, ambos com seis pontos, defrontam no domingo o Vitória de Guimarães e o de Braga, respetivamente, e são as únicas equipas que, em caso de vitória, podem aproximar-se do Famalicão

O Famalicão assumiu a liderança isolada da I liga, após vencer em casa do Aves 3-2 e ao beneficiar da derrota do Sporting frente ao Rio Ave, também 3-2, em Alvalade. Há um ano, a equipa famalicense dava os primeiros sinais de que esta liderança era possível ao ser segunda classificada ao cabo de quatro jornadas da II Liga 2018/19, a um ponto do Benfica B. E foi como segundo classificado, atrás do Paços de Ferreira, que garantiu o regresso ao mais importante campeonato português após uma ausência de 25 anos.

O Famalicão regista o feito de ainda não ter sido derrotado na I Liga, juntamente com o Boavista, que na sexta-feira venceu por 1-0 o Belenenses, no Estádio Nacional, e depois de hoje o Sporting ter perdido pela primeira vez.

A jogar praticamente uma hora com 10 jogadores, por expulsão de Lionn, o Famalicão marcou por Nehuén Pérez, aos 14 minutos, Fábio Martins, aos 58, de grande penalidade, e Anderson Oliveira, aos 86. O Aves chegou ao golo por Mehrdad Mohammadi, aos 31 minutos, e por Mahmoud Kahraba, aos 90+10.

Com três vitórias e um empate em quatro jogos, o Famalicão lidera com 10 pontos, com dois de vantagem sobre o Boavista, segundo, e três sobre o Sporting e o Moreirense, que na sexta-feira venceu em casa o Portimonense (1-0).

FC Porto e Benfica, ambos com seis pontos, defrontam no domingo o Vitória de Guimarães e o de Braga, respetivamente, e são as únicas equipas que, em caso de vitória, podem aproximar-se do Famalicão, embora com menos um ponto.

O Sporting desceu da liderança ao perder por 3-2 com o Rio Ave, em Alvalade, num jogo em que os vila-condenses beneficiaram de três grandes penalidades, cometidas por Coates.

Um golo de Rodrigo Pinho, aos 56 minutos, permitiu ao Marítimo conquistar a primeira vitória no campeonato, ao vencer por 1-0 em casa do lanterna-vermelha Paços de Ferreira

O tento do avançado da equipa insular surgiu já numa altura em que o Marítimo jogava com menos uma unidade, depois da expulsão de Bambock, ainda na primeira parte, aos 23 minutos.

Com esta vitória, o Marítimo subiu do 17.º para o 11.º posto, com quatro pontos, enquanto os pacenses são últimos classificados, com apenas um ponto.

No último jogo deste sábado, Gil Vicente e Setúbal empataram sem golos.