Empate no Moreirense-Vitória após os últimos segundos terem demorado largos minutos

Empate no Moreirense-Vitória após os últimos segundos terem demorado largos minutos
Redação com Lusa

Tópicos

O insólito momento no Moreirense-Vitória de Guimarães surgiu já decorria o último dos três minutos de compensação dados pelo árbitro Artur Soares Dias.

O Moreirense e o Vitória de Guimarães empataram a dois golos, num encontro da 13.ª jornada da I Liga marcado por uma falha de energia nos últimos segundos do tempo de compensação, que acabou por demorar largos minutos até ao apito final.

O insólito momento no Moreirense-Vitória de Guimarães surgiu já decorria o último dos três minutos de compensação dados pelo árbitro Artur Soares Dias.

Quando a equipa da casa, com o jogo empatado a dois golos, se preparava para bater um canto - no que podia, muito bem, ser o último lance do dérbi - uma falha de eletricidade nas torres de iluminação do estádio moreirense deixou tudo e todos praticamente às escuras. O jogo acabou por ser retomado, para a marcação do canto, após mais de 20 minutos de espera e sem que todas as torres de iluminação estivessem a funcionar em pleno.

Os anfitriões inauguraram o marcador, aos 15 minutos, por Felipe Martins, os forasteiros deram a volta ao resultado, com tentos de Marcus Edwards, aos 20, e André André, aos 68, para, aos 70, Alex Soares estabelecer o resultado final.

Com este resultado, o Vitória de Guimarães isolou-se, provisoriamente, no quinto lugar, com 20 pontos, enquanto o Moreirense é sétimo, com 14, os mesmos de Santa Clara (oitavo), Rio Ave (nono) e Marítimo (10.º).