Exclusivo Duelos madrugadores tocam na motivação: "Um clássico é sempre um clássico"

Duelos madrugadores tocam na motivação: "Um clássico é sempre um clássico"
Francisco Sebe

Tópicos

Domingos Paciência e Augusto Inácio defendem que o desfecho do primeiro clássico da época não tem repercussões a longo prazo nas equipas.

À terceira jornada, abre-se o palco para o clássico inaugural da Liga Bwin 2022/23. Sábado (20h30), no Estádio do Dragão, FC Porto e Sporting vão medir forças num embate que se prevê quentinho, mas que deverá "apenas" impactar os níveis de motivação dos rivais. Uma visão que une Domingos Paciência e Augusto Inácio, que defendem que o desfecho dos primeiros clássicos da época não tem repercussões a longo prazo no desempenho das equipas envolvidas.