Caso do túnel do Jamor: o porquê de as imagens da SIC não serem validadas

Caso do túnel do Jamor: o porquê de as imagens da SIC não serem validadas
Redação

Tópicos

O vídeo que a SIC divulgou não foi validado como prova por "desconhecimento da origem" e, assim sendo, "falta de idoneidade e validade".

O Conselho de Disciplina da FPF publicou esta quarta-feira o acórdão do "caso do túnel do Jamor", oportunidade para ficar a conhecer alguns dos pormenores que conduziram ao arquivamento, explicado por não terem sido reunidos "indícios da prática de infrações disciplinares".

No acórdão é explicado o porquê de as imagens que a SIC divulgou do túnel não serem validadas como prova. Segundo a instrução, os "ficheiros vídeo produzidos e armazenados pelo sistema de videovigilância instalado no Estádio do Jamor não tinham som, nem permitiam qualquer esclarecimento sobre o objeto de investigação".

"Acresce o desconhecimento da origem do vídeo em apreço e, assim a sua falta de idoneidade e validade enquanto meio de prova", lê-se ainda.

Assim sendo, "embora as testemunhas, perante o vídeo em apreço" terem "oferecido esclarecimentos dos factos a que respeita", os depoimentos poderão "ser passíveis de um juízo de invalidade enquanto meios de prova".