Boavista resiste a assédio minhoto por Sparagna

Sparagna e Bruno Fernandes

 foto Fábio Poço/Global Imagens

Segundo o diário francês "L'Equipe", V.Guimarães e Braga estão atentos ao central

O desempenho de Stéphane Sparagna ao serviço do Boavista começa a despertar o interesse de outros clubes, nomeadamente portugueses. De acordo com o diário francês "L'Equipe", o central agrada a V.Guimarães e Braga.

Sparagna, de 22 anos, chegou ao Boavista no verão, depois de se ter desvinculado do Marselha e rapidamente conquistou a titularidade no eixo da defesa axadrezada, ao lado de Raphael Rossi. Até ao momento, leva 15 jogos e, desde que se estreou, só falhou um jogo, por castigo.

Como tal, e a ainda de acordo com o mesmo jornal, a SAD do Boavista não está interessada em abrir mão do central francês neste mercado de inverno.

Por outro lado, ao que O JOGO apurou, o Boavista não tem conhecimento de qualquer proposta formal por Sparagna, mas há diversos clubes estrangeiros a seguir o defesa, cujo contrato termina em 2020.