Adepto que agrediu jogadores no Vitória-FC Porto proibido de entrar em estádios

Adepto que agrediu jogadores no Vitória-FC Porto proibido de entrar em estádios

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Redação

Tópicos

Recorde-se que adepto apareceu no relvado ao minuto 94, quando o jogo estava parado e os jogadores se concentravam numa área próxima do banco de suplentes do Vitória de Guimarães

O homem, de 43 anos, que invadiu o relvado do estádio do Vitória de Guimarães durante a partida com o FC do Porto, realizada no domingo, foi esta segunda-feira presente a um juiz de instrução criminal para aplicação das medidas de coação. A decisão, conhecida esta noite, refere a proibição de entrar em recintos desportivos.

Fonte policial explicou que o detido, de 43 anos, foi presente a primeiro interrogatório judicial, no qual um JIC determinou como medida de coação "a proibição de frequentar todos os recintos desportivos onde se pratique/jogue a modalidade de futebol", acrescentando que a investigação vai prosseguir.

Recorde-se que adepto apareceu no relvado ao minuto 94, quando o jogo estava parado e os jogadores se concentravam numa área próxima do banco de suplentes do Vitória de Guimarães, e, primeiro, tentou rasteirar Rochinha, acertando com o pé no jogador, dirigindo-se depois a Geny Catamo, tentando pontapear o avançado.

Na sequência da ocorrência, gerou-se alguma confusão em torno do espetador, que foi retirado do relvado por elementos da empresa de segurança privada ligada à organização do jogo.