Manuel Machado: o jogo da Taça de Portugal e o comportamento "meritório" do FC Porto na Champions

Manuel Machado: o jogo da Taça de Portugal e o comportamento "meritório" do FC Porto na Champions
Redação com Lusa

Tópicos

Treinador do Nacional "tem esperança num bom dia" para alcançar pontos frente ao FC Porto.

O técnico do Nacional, Manuel Machado, afirmou este sábado que tem "esperança num bom dia" para que a sua equipa alcance um resultado positivo na receção ao FC Porto, em jogo da 27.ª jornada da I Liga.

O Nacional viveu uma semana complicada, depois da pesada derrota (5-1) com o Santa Clara, com a equipa a manter o último lugar da tabela classificativa.

"Temos consciência que a nossa posição na tabela não é confortável e por isso, do ponto de vista anímico, não contribuí nada no sentido da melhoria desse estado de espírito", disse em conferência de imprensa.

Contudo, mantêm a esperança de, no final, atingir o objetivo da manutenção.

"Faltam 24 pontos para serem jogados e é atrás deles que corremos. A possibilidade de reverter esta posição está no nosso horizonte e é com essa motivação que trabalhamos, do ponto de vista anímico", defendeu o técnico do conjunto madeirense.

Manuel Machado explica que ainda há muitos pontos por disputar no campeonato.

"Vamos correr pelo máximo de pontos necessários para atingirmos o objetivo da manutenção e, acreditando nisso, tudo se torna menos complicado", frisou.

Em anteriores passagens pelo Nacional, Manuel Machado alcançou bons resultados com o FC do Porto, mas esse é um facto desvalorizado pelo técnico.

"Este plantel com a anterior equipa técnica já conseguiu fazer um bom jogo contra o FC Porto, nomeadamente na Taça de Portugal aqui, onde chegaram ao final dos noventa minutos com o resultado de 2-2 e a jogar com um homem a menos na parte final do jogo e é com esse catalisador, não com um passado mais distante, que se trabalha para que a equipa acredite que pode fazer um jogo dentro desse nível de qualidade e com um resultado condizente", revelou.

O Nacional vem de uma série negativa de oito derrotas, o que dificulta imenso a preparação dos jogos, como reconhece Manuel Machado.

"O Nacional vive um período bastante negativo, o mais negativo da época e por isso enfrentar o FC Porto nesta altura, como qualquer adversário, nunca é uma boa altura", disse.

Manuel Machado está ciente das dificuldades que enfrentará, perante uma "equipa que persegue o título", com "grande qualidade", com individualidades de alto nível que compõem um coletivo muito eficaz, com um comportamento "meritório na Champions", mas tem esperança que "arraste a sua equipa em termos de motivação", pois "quando se joga contra quem joga bem, a tendência é jogar também melhor".

Sob o comando de Manuel Machado, em termos defensivos, o Nacional sofreu dez golos em dois jogos, com o técnico a reconhecer que correram "bastante mal", mas espera melhorar esse desempenho frente ao FC Porto, com esperança em pontuar e encetar a tão desejada recuperação.

Fora das opções para esta partida está o internacional luxemburgês Vincent Thill, por cumprir castigo federativo.

O Nacional, 18.º e último classificado, com 21 pontos, recebe domingo no Estádio da Madeira, no Funchal, a partir das 17:30, o FC do Porto, segundo com 60, em partida relativa à 27.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, que será arbitrada por João Pinheiro, da associação de Braga.